Sexagem fetal é o exame para descobrir o sexo do bebê e pode ser feito a partir da 8ª semana de gestação. Está em dúvida sobre saber ou não o sexo do seu filho? Então, este post é para você! Continue lendo e descubra se deve ou não fazer este exame.

Realizado por meio de amostra de sangue, o teste é rápido e seguro. Mas, apesar de simples, ainda gera muita dúvida entre as mamães e papais. Por isso, separamos aqui as principais informações sobre a sexagem fetal.

O que é sexagem fetal?

Diferente da ultrassonografia, que mostra imagens, sexagem fetal é um exame feito em laboratório que aponta o gênero do bebê com apenas 2 meses de gravidez.

Ele consiste num rastreamento de fragmentos do cromossomo Y (que caracteriza o sexo masculino) no sangue materno. Se não detectado, significa que será uma menina, já em caso afirmativo, será um menino.

No caso de gêmeos, se forem univitelinos, o resultado do exame vale para ambos os fetos. Se forem bivitelinos, a presença do cromossomo Y aponta que, pelo menos, um dos bebês é do sexo masculino. Já a ausência indica que são duas meninas.

Como o teste é feito?

Cerca de 10mL de sangue são retirados da gestante numa coleta simples, como as de exames de sangue de rotina.

Depois, durante a análise laboratorial o plasma é isolado do DNA para que haja a identificação de gênero.

Para fazer a sexagem fetal não é preciso nenhum procedimento prévio ou jejum. O resultado fica pronto entre 7 e 8 dias úteis.

Quando fazer o exame de sexagem fetal?

Quanto mais avançada a gestação, maiores são as chances de acerto. Por isso ele pode ser realizado a partir da 8ª semana completa de gravidez.

Antes disso a quantidade de material genético lançada na corrente sanguínea da mãe é bem reduzida, o que gera resultados pouco confiáveis ou inconclusivos.

Se feitos após o período indicado, a precisão chega a 99%. Contudo, esta porcentagem não se enquadra em casos de mulheres que passaram por transfusão de sangue ou transplante de órgão nativo de doador masculino, fizeram fertilização in vitro ou, ainda, sofreram aborto nos últimos 3 meses.

Há algum risco?

Como o teste é simples e não atinge o ambiente intrauterino, não oferece qualquer prejuízo para a mãe, para o bebê ou para o desenvolvimento da gestação, sendo totalmente seguro.

Quais as vantagens da sexagem fetal?

  • não ter que esperar muito tempo
  • maior chance de acerto que a ultrassonografia
  • não precisar do feto estar numa posição favorável
  • mais confiabilidade

Afinal, qual é seu caso?

Poucas são as famílias que não tem a curiosidade de saber o sexo do bebê que está chegando. Se esse for seu caso, indicamos a realização do pré-natal, obedecer às recomendações médicas, ter uma boa alimentação e uma vida saudável.

No caso das famílias que já querem escolher um nome e fazer a decoração do quarto, o exame de sexagem fetal é ideal, pois permite constatar o sexo do feto logo no início da gravidez.

Ao longo dos anos adquirimos um grande conhecimento na prestação de serviços de análise clínicas, realizando a análise laboratorial conforme as necessidades de cada paciente. Quer saber mais? Mande um whatsapp clicando aqui ou ligue para 3215-5724.